Resenha Os opostos se distraem - Jussara Souza

by - 04 maio


Skoob – Avaliação: 3,5/5
A história: Esse é um livro de autoajuda que traz a história dos percalços pessoais e do casamento da própria Jussara. Uma espécie de cartilha que promete ajudar o leitor a encarar melhor a vida a partir do exemplo da autora. Com uma linguagem simples e acolhedora, Jussara pega experiências pessoais e as junta com suas pesquisas, na maioria outros livros de autoajuda, para contar como as mudanças que aconteceram na vida dela podem auxiliar o leitor a tentar mudar as coisas na própria vida.

Focando na vida de casal dela e do multitarefeiro, como ela se refere ao seu marido, Jussara conta como o período de infelicidade pessoal interferiu no relacionamento.

Sendo mais uma dessas pessoas que decidem jogar a carreira profissional e segura para o alto e tentam seguir os sonhos, Jussara se tornou uma natureba ao lado do marido, e trocou o emprego pela escrita, conquistando o equilíbrio e felicidade.

O que menos gostei: Bom, como vocês sabem, esse é o espaço mais pessoal da resenha, então preciso avisar, não gosto de livros de autoajuda. Não tenho o costume de lê-los, mas não tenho problema com aqueles que gostam. Para isso, separei particularidades do livro que eu menos gostei mesmo, sendo a profissional que sou, e deixei de lado o fato de que esse tipo de leitura não me agrada. De modo geral, não há muitas coisas para se elencar aqui, a única coisa que torci o nariz para valer foi o fato de que a autora separa homens e mulheres o tempo todo. Homens gostam de Star Wars, mulheres gostam de cremes e sapatos (ela mesma diz que não se sentia desse jeito quando mais nova, bem é porque as coisas não funcionam assim, na verdade), justifica assim as diferenças dentro do relacionamento. Então quer dizer que relacionamentos homossexuais não tem crise e são perfeitos? Não gosto dessa separação, acho injusta e leviana. Cada ser é único e diferente, por isso a convivência é tão difícil, independente do gênero.

O que mais gostei: Jussara passa por muitas inseguranças e desafios emocionais que todos nós temos, o tempo todo. Saber como ela lidou com essa dificuldade por ser uma mão na roda para alguém completamente perdido na vida. O que mais gostei, além disso, é a forma como ela escreve. A linguagem utilizada pela autora é maravilhosa e fluida, li o livro em dois dias (meio da semana), sem cansar. No final do livro, Jussara diz que largou o trabalho formal porque encontrou seu propósito, escrever, e realmente, ela o faz muito bem e com qualidade. Espero que depois de passar sua experiência para outras pessoas de forma tão engraçada e leve, ela encare uma bela de uma ficção, e mostre o quão talentosa pode ser.

Tudo parecia estar bem no casamento, até as discussões com o marido acontecerem um dia sim, e no outro também. Primeiro vieram as divergências e as dúvidas no relacionamento, depois sobre a vida profissional, em seguida, se estava feliz. Tinha um bom emprego, um bom marido, uma vida boa, mas, definitivamente, não estava feliz. Em Opostos se Distraem, um livro divertido e de fácil leitura, Jussara Souza relata como a mudança de hábitos, dentre elas: a prática de yoga e meditação, alimentação saudável e o controle dos pensamentos negativos ajudaram a resgatar o casamento e encontrar seu Propósito de Vida. Você sabia que os sentimentos e pensamentos negativos podem desarmonizar o seu presente e interferir no seu futuro? E pior, podem manifestar-se em forma de doenças? Se você pensa em ter uma vida de prosperidade e abundância, fica a dica: controle os maus pensamentos. Essa foi uma das lições aprendidas pela autora. Fase de despertar ou Retorno de Saturno aos 39 anos de idade? Espera aí...segundo a astrologia, não seria aos 29? Mas, como diz o ditado popular: “Cada um, cada um.” Se identificou com a autora? Então, Os Opostos se Distraem é um livro para você.
Escritora e ex-workaholic. Baiana de nascimento, mas mineira de coração. Formada em administração e pós graduada em Controladoria. Trabalhou por mais de 10 anos na área financeira de grandes empresas. Em 2015, com dúvidas no relacionamento e no trabalho, decidiu dar uma guinada na sua vida e tornar-se escritora. Adora bichos, tem dois vira-latas que são tratados como filhos, e tenta ajudar o marido a fazer menos lista de tarefas. Os Opostos se Distraem é o seu primeiro livro.

Siga-me nas redes sociais:

You May Also Like

0 comentários