| RESENHA | Infinito amor - Joselyta Alecrim

by - 28 agosto

Skoob – Avaliação: 3/5. 
Narrado em primeira pessoa, o livro Infinito amor conta a história de Eva Campos, uma jovem mulher que acabou de ser abandonada por seu noivo, Caio. O qual ela pensava que passariam o resto da vida juntos, mas Caio não aceitou a ideia de Eva ser estéril.

Por algum tempo, Eva viveu no automático, sua vida se resumia em trabalho e sua melhor amiga Alice. Mas tudo mudou no momento que ela sai com Alice e encontra o mesmo cara de olhos azuis que viu no dia que ficou pressa em engarrafamento rumo ao trabalho. O que Eva não espera que esse cara seja o novo CEO da Dellanney informática, Enzo Dellanney. 
E a partir dai as coisas não será igual para Enzo Dellavaney e Eva Campos, um amor está para começar.

Um encontro casual. Alguns reencontros inesperados. 

Eva Campos aos 25 anos vivia sua vida no piloto automático. Mas tudo mudou ao cruzar com Enzo Dellanney, um homem lindo e sexy capaz de tirar o fôlego de qualquer mulher. 

Enzo
Eu a quis desde o primeiro momento que a vi, mas ela estava fora dos meus limites. Pensei que nunca mais a veria, e de repente a reencontrei no lugar mais inesperado: na minha empresa. Eva parecia doce e delicada, mas eu estava completamente enganado, então desejei que fosse minha para sempre. Mas tudo parecia perfeito demais para ser verdade, e então ela me enganou.

Eva
Ele agitou meu mundo tranquilo e silencioso. Tive apenas uma prova dele num corredor escuro de uma boate. Mas quem poderia saber que era o meu chefe? Eu disse não a Enzo Dellanney, mas ele me fez querê-lo como não nunca quis um homem antes. Ganhei os beijos mais quentes que alguém poderia ter. O sexo mais intenso que uma mulher poderia desejar. Mas tudo parecia perfeito demais para ser verdade, e então ele me deixou.
Será que o que eles sentem um pelo outro vai ser capaz de superar uma grande mentira? Ou terá sido um grande mal entendido.

Joselyta Alecrim é baiana, servidora pública federal, mas ama mesmo o mundo literário. Ela lê e escreve para alimentar a própria alma, para se permitir fazer viagens mesmo sem sair de casa.

É uma leitora compulsiva e criou histórias durante toda a infância e adolescência, inclusive peças de teatro, mas só recentemente arriscou colocar no papel seu romance de estreia “Infinito Amor”.


You May Also Like

0 comentários